Bem-Vindos ao Meu Blog =^·^=

Bem-Vindos ao Meu Blog =^·^=
Neste Blog vc vai encontrar um poukinho de tudo. Ele reflete minhas opiniões, meus gostos, desgostos, saudades e tudo mais que me der na kbç. Vale lembrar também que as imagens, os comentários, as frases aqui disponibilizadas, tudo pode ser encontrado na Internet, ou seja, acredito que seja de domínio público.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Hoje

Hoje: Segunda-feira, dia 29 de Setembro de 2008


Por q serah q toda segunda temos q passar o dia todo com sonho??? Eu to morrendo de sono... mas, quem m conhece sabe q eu acordo com sonho... rsrsrs... rendo mais a noite... hahaha...

Nossa, to arrumando este blog, mas ele eh taum diferente do outro- o código do html- q eu fico um tempaum soh mexendo em uma coisa...

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Blogs de livros romanticos

Achei 2 blog legais para consulta d romances:

http://www.mulheresromanticas.blogspot.com/

http://livroaguacomacucar.blogspot.com/

Ateh coloquei nos meus links... rsrsrs

Hoje- Quinta-feira, dia 25 de Setembro de 2008

Para quem sonha com sheiks... - autoras variadas

Gregos, italianos, milionários, franceses, mercenários... A concorrência é forte, mas, para algumas garotas, nada - nem ninguém - se compara a eles: os homens do deserto. Os sheiks, governantes de reinos misteriosos, fortes, viris, sedutores. Colocando no imaginário feminino o desejo de ser raptada por um sheik e levada para uma sedução em meio às dunas e oasis...
Para aquelas que amam este tipo de herói, eis um post só para eles. Aqui vão aparecer vários livros que não fazem parte de séries, só para deixá-las prontas para a sedução...


O guerreiro do deserto - Nalini Singh - Desejo 17
(Desert warrior - 2003 - Harlequin)
personagens: Jasmine Coliridge e sheik Tariq al Huzzein Donovan Zamanat

Jasmine sabia que se pisasse em Zulheil não teria escapatória - Tariq cumpriria a promessa de capturá-la e levá-la para o harém. No entanto, depois de quatro anos de ter preferido a família a ele, ela conseguiu reunir coragem para ir atrás de seu verdadeiro amor. O problema é que ele não confiava nela, apesar de tê-la desposado. Jasmine achava que apenas o amando bastante conseguiria convencê-lo de que era leal e não o abandonaria. No entanto, Tariq não pretendia deixar que ela pisasse o coração dele de novo. E talvez, apesar do que os unia, os dois não ficassem juntos...
Curiosidade:
- Confesso, tenho uma birra com sheiks. Quando eles começam "eu sou o sheik fulano de tal, do deserto tal..." eu já fico irritada... No entanto, o sheik Tariq, apesar de algumas atitudes irritantes, tem tanto potencial, mas tanto potencial que basta a pessoa certa - Jasmine (mas sabe como são homens, demoram para perceber) - para que ele vença a desconfiança e se renda ao amor que não acabou...
- Todo mundo que leu esse livro e comentou comigo ou na Banca do Vasco, simplesmente A-M-O-U!!! Ou seja, espero que você leia e deixe a sua opinião!!!

Prisioneira do Desejo - Emma Darcy - Sabrina especial 12
(The falcon´s mistress - 1988 - Silhouette)
personagens: Bethany McGregor e sheik Zakr Sadiq

O pai de Bethany, estudioso famoso, estava desaparecido. Ela precisava da ajuda de sheik Zakr, soberano de Bayrar, para localizá-lo. O problema era que ele tinha outras idéias para ela... E achava que ela não deveria se embrenhar deserto afora para encontrar o pai que poderia estar morto, quando estaria mais segura na cama dele! No entanto, nada poderia demovê-la de resgatar o pai... nem mesmo um sheik sedutor, superprotetor e mandão. Ela até seria capaz de colocar a vida em risco para atingir os objetivos e se livrar do domínio do sheik...

Trapaça no amor - Judith McWilliams - Julia Paixões Picantes 11
(The sheik's secret - 1999 - Silhouette)
personagens: Kathy Whitman e sheik Hassan Rashid

Hassan foi a Nova York para romper o compromisso que o irmão gêmeo forjou com uma conhecida, para garantir um casamento seguro e respeitoso. No entanto, Kathy deu graças a Deus ao ver aquele que julgava ser seu noivo de volta. Ela tinha que ir ao batizado do sobrinho, filho do ex-noivo com a irmã, e não queria passar pelo constrangimento de se ver consolada pela família por pretensamente estar sofrendo! Fala sério, ela queria distância do cunhado pretensioso! E poderia empurrá-la para um casamento de verdade com o sheik errado que, na verdade, era o certo.
Curiosidade:
- Quer pular nos braços de um sheik??? Nada como uma aranha para realizar o seu desejo...

Um presente especial - Day Leclaire - Julia 1095
(To marry a sheik - 2000 - Silhouette)
personagens: Zara e Malik Haidar

Zara queria escapar do casamento forçado com o sheik de Rahman. Não queria ser marionete num jogo político, onde ela seria a segunda esposa. Por isso, ela trocou de lugar com a garota que seria enviada como presente ao primo Malik, o Flagelo de Rahman. Só não contava com a força da sedução de Malik... nem com a vingança do padrasto que teve os planos frustrados. O problema é que Malik era acusado de ter matado o irmão dela. E quem não queria ser joguete político, se viu como peteca no meio de uma disputa de interesse, torcendo para que os dela fossem levados em consideração...

O falcão do norte - Sandra Marton - Julia 794
(The hostage of the hawk - 1994 - Silhouette)
personagens: Joanna Bennett e sheik Khalil

Para provar ao pai que era competente, Joanna foi pessoalmente negociar termos de um contrato com o sheik Khalil, o Falcão do Norte. Se ela fosse bem sucedida, deixaria de ser a vitrine das relações-públicas e assumiria um cargo de importãncia e valor na empresa. Ela só não contava que seria raptada por um sheik que julgava que ela queria ter acesso à cama dele! Para piorar, ele a usou como arma numa chantagem para evitar o contrato da empresa da família dela com o homem que havia roubado o trono dele e usaria todo o dinheiro para comprar armas...

A magia do deserto - Sophie Weston - Sabrina 1182
(The sheik's bride - 2000 - Silhouette)
personagens: Leonora Groom e Amer el-Barbary

O sheik Amer queria ser alvo da interesse genuíno de uma mulher, estava cansado das bonecas programadas que faziam de tudo para agradá-lo. Eles se encantou por uma guia turística no Egito e levou-a para uma noite de mil maravilhas. No entanto, ela fugiu ao descobrir quem ele era de verdade. Furioso, Amer demorou, mas conseguiu localizá-la na Inglaterra e descobriu que Leonora era a filha de um milionário. Para chamar a atenção dela, escreveu um artigo e conseguiu... que ela aceitasse ficar noiva de outro! E agora, como resolver essa confusão sem evitar que ela se complique mais ainda?

A noiva do deserto - Lynne Graham - Julia Cartão-Postal 37
(The desert bride - 1996 - Mills & Boon)
personagens: Bethany Morgan e príncipe Razul al Rashidai Harum

Bethany e Razul se conheceram na Inglaterra, mas ele voltou para a Jordânia e não a esqueceu. Por isso, armou uma estratégia para que ela fosse até o país dele, atraindo-a com a promessa de realizar uma pesquisa. No entanto, ela quase acabou presa e deportada... E isso só acelerou os planos de Razul, que queria se casar com ela o mais rápido possível. No entanto, Bethany não queria saber de homens charmosos e traiçoeiros como o pai nem dominadores como o tio e Razul reunia o melhor e o pior destas qualidades... Ainda poderia haver amor entre duas pessoas tão orgulhosas e passionais?

O sheik de Riyan - Sara Wood - Julia 631
(Desert Hostage - 1990 - Mills & Boon)
personagens: Tiffany Sharif e sheik Hassan bin Hamud al Sharif

O sheik Hassan tinha fortes evidências de que Tiffany não era a mãe ideal para o seu pequeno sobrinho e queria tomar a guarda de Josef dela. Para isso, não hesitou em atraí-la para Riyan, para comprovar tudo o que pensava saber sobre ela. No entanto, Tiffany estava disposta a tudo para ficar com o filho e a provar que não era a culpada e sim a vítima do primeiro marido, um homem cruel e manipulador... e estava disposta a evitar que sofresse de novo, nas mãos do irmão dele.
Comentário:
- Preparem-se para passar muita raiva com as coisas que Hassan faz e diz à Tiffany... e torcer para que ele se redima e mereça o amor dela, que precisa ser feliz!

Paixão à primeira vista - Barbara McMahon - Julia 1246
(The sheik's proposal - 2002 - Harlequin)
personagens: Sara Kinsale e sheik Kharum bak Samin

Depois de mais uma trapalhada, para acalmar os ânimos e evitar um incidente internacional, Sara foi forçada a um noivado de aparências com o sheik Kharum. O problema é que circunstâncias políticas fizeram o noivado de aparências virar um casamento... que poderia ter futuro. Desde que eles superassem o orgulho dele, a insegurança dela, a intriga política e a avaliação de um contrato milionário entre a empresa da família de Sara e o governo do sheik Kharum. Será que o casamento resistiria a tantas provas?

Chantagem audaciosa - Lynne Graham - Julia Paixões Picantes 40
(The Arabian Mistress - 2001 - Silhouette)
personagens: Faye Lawson e príncipe Tariq Shazad ibn Zachir

O irmão de Faye roubara os cidadãos de Jumar. Era mais uma dívida da família Lawson com ele, por isso, Tariq resolveu que era hora de tomar uma atitude. Trancafiou Adrian na cadeia. Para salvar o enteado, o padrastro obrigou Faye a ir negociar a libertação com o ex-marido, que ela abandonara 1 ano antes. Eis os problemas: o casamento não havia sido anulado. Ela ainda estava presa a ele, que não a queria como esposa, porque a considerava golpista e interesseira (como os parentes). Mas se ela se tornasse sua amante, Tariq aceitaria libertar Adrian. Seria Faye capaz disso sem sofrer por amar e não ser correspondida e ser julgada por coisas que não fez?


O príncipe do deserto - Liz Fielding - Sabrina 1151
(His desert rose - 2000 - Silhouette)
personagens: Rosa Fenton e príncipe Hassan al Rashid

O príncipe Hassan al Rashid deveria ser o herdeiro do trono de Ras al Hajar, mas não era. Era apenas mais um sheik playboy. E que resolveu seqüestrar a jornalista Rosa Fenton para chamar a atenção mundial... Rosa foi para o país árabe descansar junto com o irmão. Havia chegado ao limite de um colapso nervoso. Ela só não contava em ser usada como joguete numa intriga política em um país onde era estrangeira. Também não contava com a possibilidade de se apaixonar por aquele príncipe árabe todo-poderoso... e a querer que ele a visse como algo mais que refém... e quem sabe, a transformasse em princesa.

A noiva do rei - Diana Palmer - Sabrina Coleção Noivas 20
(King's ransom - 1993 - Silhouette)
personagens: Brianna Scott e sheik Ahmed ben Rashid

Não era prudente deixar Brianna e sheik Ahmed perto um do outro - saíam faíscas. Os dois mal se suportavam. Ele a achava petulante. Ela estava convicta de que o sheik achava que o mundo girava ao seu redor. O problema era que o diplomata estrangeiro estava ameaçado de morte e precisava de um esconderijo. Haveria algo mais seguro que o apartamento de uma garota que não o suportava? Apesar de precisar da compensação financeira pelo transtorno, Brianna não pretendia ser escrava de nenhum sheik mimado. No entanto, uma grande antipatia pode disfarçar uma atração fulminante. Será que Ahmed deixaria Brianna exposta aos riscos que o ameaçavam? Será que Brianna aceitaria um homem que ela não sabia realmente quem era?
Curiosidades:
- Né por nada não, mas o sheik Ahmed que está na capa do livro parece o Saddan Hussein...
- Sabe aquilo que eu disse lá em cima sobre "eu sou o sheik fulano de tal, do deserto tal..."? Ahmed começa o livro assim, tive que passar um sufoco e engolir alguns sapinhos até ele se tornar algo que lembra de longe humildade e um tanto mais "apreciável" por mim...
- Mas o livro é muito bom, eu é que tenho implicância com sheiks... hehehe

"Créditos para "http://livroaguacomacucar.blogspot.com" foi de lah q tirei este post..."

Paixão Picantes- 40


Chantagem Audaciosa

Esposa ou amante?

Implorar clemência para o prícipe Tariq Shazad ibn Zachir era a última coisa que Faye gostaria de fazer. Ela já não via Tariq havia um ano... desde que se separaram logo após terem se casado. No entanto, o irmão de Faye estava aprisiondao no país natal de Tariq, e somente o príncipe poderia salvá-lo.
Faye já esperava que o encontro com o homem com quem se casara fosse duro, afinal a separação fora algo rápido e confuso demais para uma paixão que acabara de nascer com força total... Mas a proposta de Tariq a deixou sem fôlego: ele só libertaria seu imão se Faye concordasse em se tornar sua amante!

"Um dos melhores romances q eu jah li... sobre Sheiks"

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

segunda-feira, 22 de setembro de 2008
































Hoje eu estou para flores... rsrsrs olha estas onze horas... a minha mãe tinha... pena q naum tem mais. Eu gosto de flores... saum taum delicadas.


Meu quero uma destas...

Eu quero uma árvorezinha desta: Manacá-de-Jardim ou Romeo e Julieta.
As flores saum muito lindas e a cor... nossa q cor linda- lilás... uma das minhas cores favoritas!!!

Da uma olhada nas fotos, embora estas fotos naum façaum jus.








Livros q eu jah li

Apartir d agora eu vou incluir os nomes, capas e um pequeno resumo dos livros q eu jah li ou q estou lendo... visitei uns blogs sobre romances muito legais... e gostei... vou aderir.

E tb vou começar a acrescentar tirinhas do Garfield q eu tenho... saum muito boas!!!

Agora soh me falta tempo p fazer isso... snif snif

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Me abrace

Me abrace

Saiba que este é
Meu último pedido.
Estou desesperada, sigo meus instintos.
Não me resta muito tempo a favor,
E antes de ir embora, seguir o meu caminho,
Quero te olhar um pouco e sonhar que o destino
É junto a ti, amor.
Fica um segundo aqui e me faz companhia,
Quero adiar a dor de me sentir sozinha.

Me abrace,
Me abrace,
Me abrace,

Sei que este é
Meu último pedido,
Que seremos só, apenas, bons amigos;
Assim será melhor.
E antes de ir embora, seguir o meu caminho,
Quero te olhar um pouco, sonhar que o destino
É junto a ti, amor.
Fica um segundo aqui e me faz companhia,
Quero adiar a dor de me sentir sozinha.

Me abrace,
Me abrace,
Me abrace,

Sinta, meu coração está queimando.
Eu não quero compaixão, quero te ter comigo
Um pouco mais, por favor.
Me abrace,
Me abrace (sei que nada sou sem você do meu lado),
Me abrace (nada sou).

Prece de um Cão abandonado

Sabe Senhor, ainda não entendi: naquele dia viemos a pracinha como sempre fazíamos. Ahh! Que alegria a minha estar passeando com meu amado dono. Lá chegando, me deu as costas, entrou no carro e nem me disse adeus. Olhei para os lados sem entender nada e sem saber o que estava acontecendo e disparei atrás dele chamando insistentemente. Tentei segui-lo e quase fui atropelado. O que eu teria feito de tão errado?A noite, quando ele chegava abanava o rabinho cheio de alegria por ele ter voltado, mesmo que ele nem se lembrasse de mim e fosse ao quintal me fazer um carinho. As vezes eu latia porque tinha estranhos no portão. Não poderia deixá-los entrar sem avisar meu dono. Quem sabe foi minha dona que me mandou ser abandonado. Será que eu estava dando muito trabalho? Mas e as crianças. Elas me adoravam.Como sinto saudades, Senhor. Puxavam meu rabinho e as vezes doía e eu ficava danado, mas logo ficávamos amiguinhos novamente. Creio que elas nem sabem o que aconteceu e pensam que eu fugi. Estou morrendo de saudades, estou faminto, só bebo água suja, meus pêlos caíram quase todos. Nossa! Como estou magro. Sabe meu Pai, aqui neste cantinho que arrumei, faz muito frio e o chão está todo molhado. Não tenho mais quem goste de mim e não tenho mais aquele sorriso de alegria de antes. Creio que hoje vou me encontrar com o Senhor. Aí no Céu vou atravessar a ponte do arco-íris e meu sofrimento vai acabar. Senhor, mesmo em espírito eu vou ter permissão para encontrar as crianças? Senhor, peço não por mim, mas por meus irmãozinhos. Ameniza-lhes o frio igual ao que eu sinto agora. O alimento do amor também lhes foi negado. Mata-lhes a sede com água pura de seus ensinamentos transcritos ao homem. Elimine a dor da doença extirpando a ignorância da Terra. Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos apregoados como religiosos, pesquisas em laboratórios e tudo mais. Ampare as cadelinhas e gatinhas que verão seus filhinhos morrerem de fome, frio e pestes, sem nada poderem fazer. Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados nas ruas e nos abrigos dos animais, pois dentre todos os males, o que mais doeu foi a dor do abandono. Recebe, Pai, nesta noite gélida, minha alma, não pelo meu sofrimento, mas pelo dos que ficaram. Com meu último pensamento aqui na Terra, para meus donos que tanto amo, me despeço com amor e carinho.

A Tábua

A Tábua

Era uma vez um garoto que tinha um temperamento muito explosivo.
Um dia ele recebeu um saco cheio de pregos e uma placa de madeira. O pai disse a ele que martelasse um prego na tábua toda vez que perdesse a
paciência com alguém.
No primeiro dia o garoto colocou 37 pregos na tábua. Já nos dias seguintes, enquanto ele ia aprendendo a controlar sua raiva, o número de pregos martelados por dia foram diminuindo gradativamente.
Ele descobriu que dava menos trabalho controlar sua raiva do que ter que ir todos os dias pregar diversos pregos na placa de madeira...
Finalmente chegou um dia em que o garoto não perdeu a paciência em hora alguma. Ele falou com seu pai sobre seu sucesso e sobre como estava se sentindo melhor em não explodir com os outros e o pai sugeriu que ele retirasse todos os pregos da tábua e que a trouxesse para ele.
O garoto então trouxe a placa de madeira, já sem os pregos, e entregou a seu pai. Ele disse, Você está de parabéns, meu filho, mas dê uma olhada nos buracos que os pregos deixaram na tábua, a tábua nunca mais será como antes.
Quando você diz coisas estando com raiva, suas palavras deixa marcas como essas. Você pode enfiar uma faca em alguém e depois retirá-la. Não importa quantas vezes você peça desculpas, a cicatriz ainda continuará lá.
Uma agressão verbal é tão ruim quanto uma agressão física. Amigos são como jóias raras. Eles te fazem sorrir e te encorajam para alcançar o sucesso.
Eles te emprestam o ombro, compartilham dos teus momentos de alegria, e sempre querem ter seus corações abertos para você.

Frisson

Frisson


Meu coração pulou
Você chegou, me deixou assim
Com os pés fora do chão
Pensei: Que bom!
Parece, enfim, acordei
Pra renovar meu ser
Faltava mesmo chegar você
Assim, sem me avisar
Pra acelerar
Um coração que já bate pouco
De tanto procurar por outro
Anda cansado
Mas quando você está do lado
Fica louco de satisfação
Solidão nunca mais
Você caiu do céu
Um anjo lindo que apareceu
Com olhos de cristalMe enfeitiçou
Eu nunca vi nada igual
De repente
Você surgiu na minha frente
Luz cintilante
Estrela em forma de gente
Invasora do planeta amor
Você me conquistou
Me olha, me toca
Me faz sentir
Que é hora, agora
Da gente ir