Bem-Vindos ao Meu Blog =^·^=

Bem-Vindos ao Meu Blog =^·^=
Neste Blog vc vai encontrar um poukinho de tudo. Ele reflete minhas opiniões, meus gostos, desgostos, saudades e tudo mais que me der na kbç. Vale lembrar também que as imagens, os comentários, as frases aqui disponibilizadas, tudo pode ser encontrado na Internet, ou seja, acredito que seja de domínio público.

sábado, 29 de agosto de 2009

Existem 3 frases...

"Existem 3 frases curtas q levarão sua vida adiante:

'Não diga q fui eu',
'Oh, boa idéia chefe!' e
'Já estava assim qd cheguei.'"

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

AUTO-ESTIMA É SUA RESPONSABILIDADE

O que significa auto-estima?


Basicamente, auto-estima significa, quem você é pra você. Portanto, seguindo esta linha de raciocínio, se você se tiver em “alta conta”, se valorizar, e se considerar como alguém de “valor”, você terá uma auto-estima alta. Do contrário, o que é mais comum, a sua auto-estima será baixa.
Todos têm problemas de auto-estima.
A grande tendência é nos valorizarmos para os “outros” e não para nos mesmos. Alem disso, existe um grande preconceito com relação ao ato de se “valorizar”. Muitas vezes vemos este comportamento como egoísmo, e por isso, nos “proibimos” de gostar de nós mesmos. Porem, se colocar em primeiro lugar, e não os “outros”; não significa “fazer” somente para si. Apenas significa que seus sentimentos, suas necessidades e vontades são importantes.
A conseqüência da nossa baixa auto-estima é a desvalorização. Você não é importante para você.
Muitas situações “ruins” que aconteceram, ou que estão acontecendo na sua vida agora, estão diretamente relacionadas à sua baixa auto-estima. O constante sentimento de rejeição, de menos, que sempre “andam” junto com você, levam a uma serie de sentimentos negativos que acabam, por digamos atrair, ou melhor, causar, uma serie de situações negativas e frustrantes. A baixa auto-estima leva até a sentimentos de violência, desde a verbal até a física. Seja violência contra o outro, quanto à violência praticada contra nós mesmos. A pessoa dita “violenta” esta ferida de alguma forma, se frustra por não acreditar que vá obter o que quer, e por isso se vira contra os outros e/ou contra si mesma. Por isso a auto violência é muito comum.
Sem estima esperamos que o “outro” faça, aquilo que não fazemos por nós mesmos.
Você espera que os outros tenham consideração por você. Mas essa consideração você dá para si mesmo?
Você é um “amor” com os outros, e, uma “peste” com você?
Demonstra que tem “jeito”, e condições de considerar e dar amor para os “outros”, mas não faz o mesmo para si ?
Muitas vezes, para “compensar” o mau trato que você faz com si mesmo. Você começa a fazer “tudo” para os outros. Tudo que eles "querem”. E a conseqüência disso, é que você se anula. Você acredita que vai “consertar” a sua falta de amor próprio, “consertando” por fora (fazendo para os “outros”), e não mudando a si mesmo. Nestas situações aparecem os medos. O medo de “romper” com o “outro”. Porque você não quer “ficar só”. E este medo é mais intenso, na medida em que você não é seu “amigo”. Você é seu próprio “inimigo”.Você não é seu “amigo”, porque nas horas de dificuldade, quando, por exemplo, você comete algum “erro”, você simplesmente “morre de vergonha de si mesmo”, e é o primeiro a se colocar” para baixo”. Você tende a se tratar com uma exigência absurda. Podendo desta forma, estar repetindo o “modelo” como foi tratado pelos pais, ou por outras pessoas na sua vida.
Em nome do amor, existe muito desamor. Mas, não adianta questionar aqueles que te ensinaram a se tratar desta forma, porque, sendo você um adulto, não esta mais “na mão deles”, mas nas suas próprias mãos. Alem disso, o que você faz por si mesmo, hoje em dia, melhor que estas pessoas, fizeram no passado ?
Provavelmente nada, ou sendo otimista, muito pouco.
As outras pessoas fazem muita coisa por nós, isto é inegável. Mas não são só eles que tem que fazer tudo.
O que você “faz” ai dentro de si?
Por que você não faz tudo que quer? Eu acredito que seja porque você já “pegou tanto no seu pé”, que até tirou a vontade das coisas. Isto acontece, porque quando você esta “ruim” com você; nada tem “gosto”.
Não existe nada mais importante neste mundo do que você estar bem com você mesmo. Porque se acontecer o “ruim” fora, você está bem por dentro. Por isso você não pode se ignorar, e não se aceitar.
A sua felicidade esta na sua mão.
Você deixou as “outras” pessoa colocarem “regras” na sua vida. Mas você é o responsável por deixar o que vai ou não “pegar” para si. Os “outros” determinam até o que você tem que sentir diante da sua vida. Mas, você esta “aí”, e pode dizer, e fazer o que quiser.
Se você se anula e se transforma em uma pessoa “insossa”. Não é “culpa” dos outros, te evitarem.
Por que você se põe para “baixo”?
Todos temos algo em nós que já foi discriminado.
Porque você não assume quem realmente é, ao invés de querer seguir um “modelo”. Assuma, e diga para si mesmo: “Eu gosto de ser assim”. “Eu sou mesmo”. “É eu gosto mesmo”.
Você fica seguindo um “ideal”, um “modelo”, de como você “deveria” ser. E, por causa disso, fica se “malhando” para ser aquela pessoa. Você fica contra você, quando assume este tipo de atitude. E depois quer que as “pessoas” venham resolver estas suas “questões”. Mas, nesta hora, você esquece que quem fez um “mal” para você. Foi você mesmo. E não os outros.
A sua vida é para você.
Gostar-se é aceitar-se.
Quando você começa a querer se aceitar, se amar, começam os sentimentos de “aflição” e tristeza. Fica triste porque não é “aquele”, do “modelo idealizado”. Sempre se “enxergando” como “errado”, e sempre com falta de confiança em si. Por isso, “vive” arrumando “tarefas” para compensar. É claro. Você tem que compensar o “erro” que é. Vive implicando com você mesmo, se perseguindo. Vai acumulando sentimentos e emoções que “envenenam”. E fica insensível, desanimado, e acaba perdendo o “gosto” das coisas. O “gosto” da vida e do viver.
Envenena-se de auto perseguição, e fica aflito por não saber quando vai “desabar’ novamente.
Constantemente fica cedendo aquela “voz” dentro de você, que diz que, você não pode ser assim, que deve ser de “tal jeito”. E cada vez que “pegar” mais modelos, “achando” que são certos; virão outros “tem que”.
A primeira coisa que funciona é mudar a sua atitude com você mesmo. Mudar para o melhor. E para isso, você precisa de toda paciência que puder com si mesmo.
Comece nunca mais tendo vergonha de si mesmo. Se assuma: “É, fiz”. “É sou”.
Em segundo lugar, não deixe as “regras” dos outros te dominarem, te colocarem para baixo.
Isto esta em suas mãos.
Comece a ver, a “enxergar” a si mesmo, como uma pessoa “ótima”. Se deixe ser assim.
Existem uma serie de criticas que você faz a si mesmo, que só servem para que você fique contra si mesmo.
Seja “corrupto”. “Corrompa” todas estas críticas em você, e se liberte.
Daí a pouco, a sua vida acaba. E aí, o que você “deu” para você? Alem de críticas.
O que você fez de “bom” para si? Alem de se condenar e perseguir.
Você vive de você, vinte quatro horas por dia, e não dos outros.
Vá para a pratica. Quando você “melhorar” com você. A vida “melhora” com você.
O “exterior” é reflexo do “interior”. Você recebe uma serie de “maus tratos” da vida e das pessoas. Reclama disso. Mas, não é capaz de enxergar que faz o mesmo consigo.
Você esta criando o “ruim” para você.
Quem não “cultiva”, não tem. Como você quer ter uma paz, se não se deixa em paz. Como quer ter amor, se não se ama. Como quer ter consideração, se não se considera.
Toda vez que você vai em busca de um “modelo ideal”, em detrimento de si mesmo, usando isso para se desvalorizar e invalidar, você irá “arrumar” uma serie de aflições. Fica aflito, porque “tem que conseguir”, “tem que chegar lá”, “tem que alcançar aquele modelo”. E, com tudo isso, vai ficando cada vez mais ansioso, cheio de expectativas, de medos. E isto tudo se chama, aflição. Com aflição, a sua vida fica desgastada. E, a fase mais aguda deste processo de aflição, é o chamado stress.
Queira, a partir de agora, acima de tudo. Estar bem. Para que estas coisas na sua vida? Deixe de se afligir.Você tem que querer a sua paz. E não existe paz, na vida de uma pessoa aflita.
Se “volte contra” as suas exigências absurdas. Acredite que você não tem que ser essa criatura excepcional”, que você criou na sua imaginação, para começar a se gostar, e se aprovar.
Pare de “bater” em si mesmo.
Não faça mais “força” para alcançar os seus modelos.Isso é se forçar.
Ao invés disso. Comece a se “dar força”. Se “dar força” é se permitir ser quem você é, se aceitar. E, se acontecer alguma coisa, você deve ser o primeiro a se defender, se apoiar, ao invés de ficar aflito e se culpar.
Não se deixe invadir.
Tome posse de si mesmo.
Não se permita culpar os outros. Toda vez que você acreditar que a causa dos seus problemas esta fora de si, e/ou são os “outros”. Você não terá saída.
A “saída” é procurar dentro de si as mudanças.
E agora quando você novamente se perguntar: “O que eu sou para mim”?
A sua resposta deve ser: “Eu sou tudo para mim”.
E como você pode cultivar e adorar isso......
Isso é integridade e maturidade. È auto reconhecimento. Se conhecer. Porque é sua responsabilidade se “levar” para frente. E “levar” de uma maneira construtiva.
Essa é sua responsabilidade e não do “outro”.

Texto: Valéria Lemos Palazzo

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Ouvindo The Fame- Lady Gaga

Lady Gaga

THE FAMA

I can't help myself I'm addicted to a life of material
It's some kind of joke, I'm obsessively opposed to the
Typical
All we care about is, runway models, cadillacs and
liquor bottles
Give me something I wanna be, retro glamour, Hollywood
yes we live for the

FAME
Doing it for the
FAME
Cuz we wanna live the life of the rich and famous

FAME
Doing it for the
FAME
Cuz we gotta taste for champagne and endless fortune

Fame Fame baby
The Fame Fame
We live for the Fame Fame baby
The Fame Fame
Isn't it a shame shame baby
A shame shame
In it for the Fame Fame baby
The Fame Fame

I can see myself in the movies with my picture in city
Lights
Photograph my mind and whatever else you'd like to
shoot you decide
All we care about is, pornographic girl on film and
body plastic
Give me something, I wanna see television and hot
blondes in odd positions

FAME
Doing it for the
FAME
Cuz we wanna live the life of the rich and famous

FAME
Doing it for the
FAME
Cuz we gotta taste for champagne and endless fortune

Fame Fame baby
The Fame Fame
We live for the Fame Fame baby
The Fame Fame
Isn't it a shame shame baby
A shame shame
In it for the Fame Fame baby
The Fame Fame

Don't ask me how or why
But I'm gonna make it happen this time
My teenage dream tonight
But I'm gonna make it happen this time


FAMA
Eu não consigo ajudar a mim mesma
Sou viciada por uma vida material
é algum tipo de piada, estou obsessivamente oposta ao
que é típico
Tudo pelo que nos importamos é, modelos sagazes,
cadillacs e garrafas de licor
Me de algo que eu queira ser, glamour retro, Hollywood
sim nos vivemos pela

Fama
Fazendo isso pela
Fama
Porque queremos viver a vida de ricos e famosos

Fama
Fazendo isso pela
Fama
Porque desejamos provar do champanhe e de fortuna sem fim

Fama, fama, gato
A fama, fama
Vivemos pela fama, fama, gato
A fama, fama
não é uma vergonha, vergonha, gato
A fama, fama
Estamos nessa pela fama, fama, gato
A fama, fama

Eu consigo me ver em filmes com minha foto nas luzes
da cidade
Fotografe minha mente e qualquer outra coisa mais que
você queira pegar, você decide
Tudo o que nos impornamos é, garota de foto porno num
filme e corpo plástico
Dê-me algo,eu preciso ver lindas loiras em velhas poses na televisão

Fama
Fazendo isso pela
Fama
Porque queremos viver a vida de ricos e famosos

Fama
Fazendo isso pela
Fama
Porque desejamos provar do champanhe e de fortuna sem
Fim

Fama, fama, gato
A fama, fama
Vivemos pela fama, fama, gato
A fama, fama
não é uma vergonha, vergonha, gato
A fama, fama
Estamos nessa pela fama, fama, gato
A fama, fama

não me pergunte como ou porque
Mas eu vou fazer acontecer agora
Meu sonho adolescente desta noite
Mas eu vou fazer acontecer agora

Tentando separar a briga...

Naum sei qual era do cachorrinho mais, na minha opniaum ele queria separar a briga... rsrsrs. Achei lindo!!!

domingo, 9 de agosto de 2009

Crônica do Amor- Arnaldo Jabor

Crônica do Amor

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.
Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a
menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara?

Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.

sábado, 8 de agosto de 2009

Blog interessante: Diario de solteiro--- Timidez é charme



Timidez é charme

Vergonha na paquera chega a ser uma característica até atraente.

Sabe aquela menina que mal fala durante a aula, que conversa pouco no trabalho? Ou aquele rapaz que, ao ser encarado, baixa os olhos e fica vermelho? Você olha e acha aquele jeito acanhado tão bonitinho...e quando percebe, já caiu nos encantos de um tímido.

Assim como as pessoas decididas e atiradas exalam um ar de poder e são extremamente sexies, os tímidos demonstram uma certa fragilidade que chega a dar vontade de levar pra casa e cuidar. O jeito mansinho de falar, a vergonha nítida quando são elogiados, tudo isso faz com que a timidez se torne uma característica muito atraente nos acanhados.

É claro que os mais envergonhados sempre vão precisar de um empurrãozinho na hora da paquera. Mas aquele sorriso sem graça, aquele desconcerto que cora as bochechas, derretem qualquer um. Entretanto, o tímido precisa saber a hora de tomar uma dose extra de coragem sem gelo, pra não perder uma chance de conquista. Ainda que seja um pouco desajeitado – o que torna as coisas até engraçadinhas - , quem é acanhado tem que tentar pelo menos. Até porque esses detalhes acabam divertindo o alvo, e a paquera fica mais gostosa, mesmo com um ou outro mico.

A timidez não pode ser um bloqueio gigante a ponto de impedir que se perca oportunidades, e se for, deve ser trabalhada, exercitada. Aliás, a Internet é uma ótima forma de se soltar, conhecer novas pessoas e diminuir essa vergonha toda. Mensageiros instantâneos, comunidades, fóruns, blogs, todos são canais pra se conhecer gente diferente, mesmo sem “mostrar a cara”. Então, se você é um acanhado, comece a se soltar aos pouquinhos, tente paquerar mais, encarar de leve. Porque tímido sim, paradão, nunca!

E você, é tímido? Ou é do time dos que se apaixonam pelos envergonhados? Já perdeu muita paquera por vergonha?

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Frase do dia...


>^.~<
"Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional."

domingo, 2 de agosto de 2009

Porque alguém se esqueceu...

Por vezes, os sonhos são pura e simplesmente produtos da nossa mente, encontrados num qualquer recanto.
Outras vezes, a vida é tão boa que os sonhos são reais e dão-nos asas, permitindo voar até onde nunca pensámos alcançar.

Mas, tantas vezes engana-mo-nos a nós próprios crendo que apenas o amor nos faz sonhar. Tantas vezes esquecemos a importância da amizade, da cumplicidade, da credibilidade.

Apesar de um tentantiva gloriosa de inicío este não será um texto para fazer sonhar, apenas um texto para reflectir no que é ser amigo, nos direitos e deveres... Para mim ser amigo é:

Estar presente quando todos os outros não estão.
Saber que se pode telefonar às 5 da manhã se for preciso sem que fique chateado.
É poder olhar nos olhos e saber o que vai na cabeça.
É ver um sorriso e saber porque sorri.
É não deixar que as lágrimas corram.
É aceitar o outro tal como é.
É alertar.
É compreender.
É aceitar um erro e perdoar.
É nunca esquecer com o coração mesmo que se esteja longe.
É alegrá-lo.
É confiar cegamente.
É ser verdadeiro.
É ser fiel.
É telefonar só para dizer "olá".
É importar-se com o outro.
É respeitar.
É fazer um esforço sempre que for preciso.
É poder abrir o coração sabendo que não se vai ser criticado.
É querer estar presente.


Assim, não se pode apenas esperar que uma das partes esteja e acreditar plenamente que uma amizade se mantêm quando não lhe damos alimento... Muitas vezes esquecemos o quanto se teve de passar, o tempo que se deu para uma amizade se tornar verdadeira e, num gesto estúpido deixamos que se perca no nada.



Amigo que é amigo...
Não esquece o outro nunca.
Não diz que faz para não fazer.
Não troca a amizade por amor, arranja tempo para ambos
Não arranja desculpas quando falha, admite-o.
Não trai a confiança.
Não desrespeita.
Não gera uma lágrima.



É triste ver que alguém se perde cegamente num suposto amor que de verdadeiro não tem nada. É triste ver que apenas uma pessoa não vê o quanto errado é. É triste ver que apenas uma pessoa se esqueceu do que é ser amigo...
Hoje o sonho cessou e uma lágrima acabou por escorrer... porque uma pessoa se esqueceu.